terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Alto Preço, cantado por Damares - Uma aberração teológica

Dentro do movimento gospel nos deparamos com certas situações que chega a causar espanto, mas talvez nos faça entender em relação a alguns "irmãos" o que disse o escritor da carta ao Hebreus: "Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus" (Hb 5:12a).
 
Há muito que tenho na condição de pastor, atuado junto ao rebanho que o Senhor me confiou e também a outros irmãos e denominações pares, com o intuito de valorizarmos a "qualidade" dos cânticos entoados em nossos cultos e demais atividades eclesiásticas. Lembrando que a qualidade vai bem além do ritmo, do estilo musical, uso de instrumentos, arranjos, etc... Entendo que em nosso caso (cristãos-protestantes) a qualidade está diretamente ligada a mensagem embutida em cada cântico, sendo que ela prioritariamente dever possuir duas vertentes: aquela mensagem de louvor e adoração ao Senhor Deus, que manifesta seus feitos e conferi-lhe toda honra e glória devida ou ainda a mensagem direcionada aos corações daqueles que necessitam se aproximar do Senhor e neste caso o cântico deve ser um canal evangelizador, propagando a obra redentora de Cristo e a graça infinita de Deus. 
 
Infelizmente a realidade com a qual nos deparamos em nossos dias quanto a qualidade musical gospel, é que a composição e interpretação dos cânticos entoados não louvam à Deus e estão longe de anunciarem a obra de Cristo, antes, não passam de meras canções que possuem no seu cerne uma mensagem egoísta, triunfalista e de autoajuda, que promove as pessoas através de promessas heréticas. Mas, pesa-me comentar o fato de que em sua grande maioria estes cânticos possuem uma clara mensagem de vinganças, que promove guerra entre irmãos, trazendo um ódio implícito em suas composições. E, pasmem, este tipo de canção ao ser entoado nas igreja, além de não adorar ao Senhor promove facção entre pessoas e grupos, fazendo com que, ao olhar para o seu próximo não veja nele um irmão, mas sim "um inimigo, um concorrente" sobre o qual Deus tem de o fazer triunfar.
 
Se fossemos analisar as milhares de letras dos cânticos entoados pelas igrejas, não daríamos conta de tamanha tarefa e certamente que antes de chegar uma centena delas, estaríamos acometidos de dor na alma, angustia no espírito e quem sabe com o próprio corpo em febre diante de tanta coisa desprezível. Assim, me pus a analisar um cântico chamado "Alto Preço", composto por Anderson Freire e interpretado por aquela que é considerada um fenômeno da música gospel - a cantora Damares.
 
Estou certo que diante do sofrimento ao qual se submeteu o apóstolo Paulo para apregoar a verdade e a graça de Cristo, caso o mesmo estivesse vivo hoje, teria um infarto fulminante ao ouvir tamanha aberração teológica. Vamos a letra:
 
Apesar se em alguns pequenos trechos se fazer alusão ao sacrifício de Cristo, fica claro que a mensagem principal e que marca a letra do hino é de que o preço da salvação, para morar no céu é pago diariamente por quem desejar e estiver apto para tal. Ou seja, este hino traz a ideia que a salvação pode ser conquistada por simples méritos humanos.
 
Eu tô pagando, eu tô pagando
O preço pra morar no céu eu tô pagando
Eu vou lutando, eu vou chorando
Cada detalhe o Senhor está somando
Eu tô pagando, eu tô pagando ...
 
Meu Deus, que barbárie?! Então, Deus está lá no céu com papel e lápis na mão, somando o pagamento que realizamos através de nossas ações até que seja o suficiente para custear nossa salvação? Ora pois, como então considerar o que foi dito por Paulo aos Colossenses: "Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz". Colossenses 2:14
 
Este hino despreza e zomba de uma das verdades mais cruciais e que é razão para a existência do próprio cristianismo, que Jesus já pagou um Alto Preço pela nossa salvação.  Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens. 1 Co 7:23; Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; Ef 2: 8-9.
 
Outro ponto de extrema importância para fé cristã e sobretudo protestante, é de que JESUS é nosso ÚNICO e "SUFICIENTE" salvador. Ou seja, a obra da salvação foi realizado por Jesus e é SUFICIENTE para nos salvar, não precisando de qualquer auxilio ou complemento.
Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens.
1 Coríntios 7:23
Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens.
1 Coríntios 7:23
Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens.
1 Coríntios 7:23
Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens.
1 Coríntios 7:23
Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens.
1 Coríntios 7:23

Ainda, podemos enfatizar a seguinte frase: "Vou pagando o preço pra te ver, Jesus". Ora, Jesus não pode ser comparado com nenhum Mega Star Gospel, que tenhamos de pagar algum ingresso para vê-lo, até porque, considero que nem o homem mais rico do mundo teria condições de pagar uma entrada para ver ao REI JESUS.
 
Alto Preço
 
Hoje quando em penso em desistir
Trago a memória a forte cena ali na cruz
O Teu sangue me justificando
A minha alma registrando Tua marca, ó meus Jesus

Embora o alto preço a minha salvação pagou
Sem santidade não verei Seu rosto, ó meu Senhor
Isso também custa muito caro
Vale mais que o meu próprio esforço
Eu Tenho que morrer pra minhas vontades
Pra poder viver no centro da verdade
Te obedecer renunciando o mundo
Com a minha cruz, dizendo não pra mim
E sim pra Ti, minha luz! Isso tem um preço
Vou pagando o preço pra te ver, Jesus

Vale a pena me santificar
Buscando o Teu reino em primeiro lugar
Guardando sobre tudo o meu coração
Cada porção de mim está em Suas mãos
Vale a pena me santificar
Pregar Tua palavra e não religião
Multiplicar o amor
Porque o inferno tem a matemática da divisão
E o Senhor tem da multiplicação

Eu tô pagando, eu tô pagando
O preço pra morar no céu eu tô pagando
Eu vou lutando, eu vou chorando
Cada detalhe o Senhor está somando
Eu tô pagando, eu tô pagando
O preço pra morar no céu eu tô pagando
Eu vou lutando, eu vou chorando
A santidade tem um preço, eu tô pagando

Eu tô pagando
A santidade tem um preço, eu tô ooooo
Tô pagando, tô pagando
Um alto preço
Um alto preço
 
Escrito por:   
Pr. Flávio Nunes   


2 comentários:

  1. Muit boa essa colocação,se não atentarmos para a tão grande salvação que nós foi dada, de graça, por NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO, pois o preço foi pago na cruz, viveremos numa busca eterna, onde comcerteza não encotraremos esta salvação, pois nós é revelado po ELE mesmo que: O REINO DOS CÉUS ESTÁ DENTRO DE CADA UM DE NÓS. O brigado meu Pastor e amigo. Graça e paz.

    ResponderExcluir
  2. É Pr. Flávio Nunes de Souza, falo muito a respeito dessas músicas a meus alunos do curso música e a outros que me questionam por não tocar esses tipos de música no culto dizendo que é de louvor e adoração a Deus. Na grande maioria além de não estudarem a PALAVRA, aprendem na teologia da música gospel.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...